Projetos

Primeiramente, é importante destacar que o Vereador precisa desenvolver seu trabalho dentro das possibilidades que estão elencadas no seu campo de competência.

Segundo o artigo 23, V, da Constituição, é competência comum da União, Estados e Municípios proporcionar meios de acesso à cultura, à educação, à ciência, à tecnologia, à pesquisa e à inovação, além da tradicional função fiscalizadora elencada no artigo 31.

Desta forma, eu acredito na força do trabalho e no valor da educação, aliado com inovações tecnológicas para trazer um futuro com melhor qualidade de vida para a nossa cidade.

E hoje sabemos que uma das formas mais democráticas de fazer isso é por meio das inovações tecnológicas.

Pensando nisso, e reconhecendo o poder da tecnologia, todos nossos projetos serão desenvolvidos com base na aplicação de recursos tecnológicos na busca de melhorias na educação e formação de profissionais, bem como na melhor comunicação da comunidade com o poder legislativo municipal.

Projeto Novas Profissões:

O nosso mandato é totalmente voltado para área da tecnologia aliada as competências do Vereador junto à áreas tradicionais do ensino.

O nosso objetivo é criar Bootcamps municipais para ajudar todos a todos que tiverem interesse em aprender sobre inovações tecnológicas.

São cursos de pequena duração que ensinam na prática com uma imersão completa com período de duração próximo de três meses com foco extremo na pratica.

A iniciativa de Bootcamp surgiu no meio privado nos Estados Unidos e na França e esse sistema de ensino tem se mostrado eficiente e geralmente, a grande maioria dos participantes já saem com seu emprego garantido nas áreas de tecnologia.

Se a iniciativa deu tão certo no ambiente privado porque não trazer isso para o campo público? Nossa objetivo é trazer esta inovação para Cascavel e inovar na área do ensino, propiciando uma nova profissão com ampla aceitação no mercado de trabalho em curto tempo.

A iniciativa pode contar com o apoio público e também com o apoio privado de empresas do setor tecnológico.

Dessa forma, estaremos preparando os nossos futuros profissionais para as novas profissões tecnológicas, mídia social, Youtube, artes gráficas e uma infinidade de possibilidades.

Projeto Cascavel Conectada - Consul - Participação Aberta:

O objetivo deste projeto é facilitar a comunicação da população junto a administração pública.

O que será feito por meio da disponibilização de um aplicativo por região onde o usuário se cadastrará e por ele fará as suas sugestões, solicitações ou até mesmo reclamações que serão diretamente direcionadas aos responsáveis na Administração Municipal.

Neste caso, o aplicativo que torna isso possível se chama CONSUL, que passou a ser desenvolvido no ano de 2015 na cidade de Madri, na Espanha e tem ganhado aderência em nosso país, com projeto de implantação em São Paulo.

Tal projeto é Open Source, ou seja, possui um código aberto e pode ser implantado com baixo custo, sem necessidade de desenvolvimento de uma aplicação complexa.

Navegando no aplicativo encontramos opções que serão ofertadas na plataforma, tais como:

  • As propostas dos cidadãos;
  • Propostas a serem votadas;
  • A possibilidade de legislar de maneira colaborativa;
  • Realizar discussões sobre temas de maneira preliminar;
  • Debates;
  • E ainda é possível acompanhar a fase de cada uma dessas propostas e discussões.

Aqui é importante ressaltarmos que estes são apenas alguns dos recursos que farão parte do sistema a ser inserido na comunidade.

Assim, será totalmente possível desburocratizar a conexão entre o legislativo e a população, sendo possível agir de maneira mais rápida e eficiente, atendendo assim, os anseios daquele cidadão ou até mesmo de um grupo que tenha se cadastrado e anexado ao aplicativo a sua opinião.

Projeto Padronização e Feedback:

As negociações e contratações realizadas pela administração municipal no decorrer de um mandato, infelizmente, na grande maioria das vezes, são objetos de discussões no que se refere a aplicação das verbas públicas.

Por isso, este projeto acaba sendo tão útil e necessário e complementa a atuação do Vereador na sua gestão fiscalizatória.

Isso porque por meio deste projeto tornaremos as negociações mais transparentes e rentáveis ao município.

Será totalmente possível, por exemplo, por meio de um sistema de padronização de contratações na área de tecnologia, reduzir os custos da prefeitura no que tange a este tema.

Podemos usar como exemplo a situação em que o município precise de alguém que preste um trabalho de desenvolvimento WEB.

Neste momento será realizada a publicação da espécie/tipo de serviço e a remuneração ofertada pela administração neste sistema padrão, onde após isso a empresa interessada poderá oferecer o seu serviço e fazer uma contraproposta ou aceitar o valor que foi ofertado pela prefeitura.

Nosso objetivo também é trazer outros municipios para este projeto, de forma que tenhamos um histórico e um feedback unificado de todos os fornecedores criado pelos próprios usuários do sistema, o que trará maior confiabilidade na contratação, permitindo que a prefeitura tome a decisão mais acertada sem precisar correr riscos.

Assim, a administração municipal poderá avaliar a situação que será menos custosa ao município e acertar os valores.

No final, tudo isso ajudará a evitar os gastos desnecessários e exterminará qualquer possibilidade de fraude neste tipo de contratação.

Projetos na Área de Saúde:

A área de saúde sempre requer uma atenção especial, uma necessidade que abrange toda a população.

Seguindo o nosso foco em tecnologia e a nossa crença de que as ferramentas tecnológicas possuem abrangência e vão revolucionar nossas vidas pensamos em um projeto tecnológico também para essa área.

Coletando as informações necessárias e organizando os dados de saúde e da população, podemos melhorar o acesso ao atendimento e realizar agendamentos online.

A organização desse conjunto de informações também é importante para combatermos focos de doenças e epidemias, hoje temos certeza de que prevenir e evitar o contágio é a solução mais adequada para preservamos a saúde das pessoas.

Ao mesmo tempo, não podemos esquecer dos velhos e insistentes problemas, como o combate a dengue, uma doença que vem causando um enorme prejuízo para a saúde de nossa população.

Com a ajuda da tecnologia poderemos mapear e focar no combate desta praga, trazendo mais consciência e tratamento específico para determinados locais da cidade.

Projetos Esportes

A pedido de nossos amigos mais próximos, estamos focando também a área esportiva. Com base no art. 24, IX, compete a União, Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre desporto, ou seja, a competência legislativa fica restrita a estas esferas do nosso Estado.

Entretanto, entendemos que o município possui interesse no desenvolvimento desportivo como um interesse local, podendo sim complementar e aprimorar de acordo com as necessidades locais, a legislação Federal e Estadual, tudo com base na própria Constituição, de acordo com o Art. 30, I e II.

De acordo com nossas pesquisas, existem recursos que podem ser utilizados pelos desportistas locais, entretanto, para alcançar este objetivo há muitas burocracias e entraves, essa parceria é disciplinada pela Lei nº 13.019/2014, foi regulamentado no âmbito municipal pelo Decreto nº 13.132/2016.

Neste ano por exemplo, com base na Lei nº 6.506/2015, que dispõe sobre autorização para o município de realizar chamamento público, o Edital 02/2020 disponibilizou recursos no valor máximos de R$ 2.428,225,00 (tendo por base a tabela exemplificativa do edital), sendo que destes recursos, foram obtidos R$ 1.110,325,00.

Ou seja, muitos recursos poderiam ser utilizados por vários praticantes do esporte em nossa cidade.

Para utilizar esses recursos é preciso ter uma OSC (Organização da Sociedade Civil) e cumprir uma série de requisitos, com auxílio de advogados e contabilidade especializados, o que nem é sempre possível em pequenas associações desportivas. Nossa meta é desburocratizar o acesso a estes recursos, auxiliando na formação, organização e obtenção de recursos pelas OSC.